segunda-feira, 31 de maio de 2010

Post de blog

eu não tenho mais motivos pra escrever. não há nada pra se falar ultimamente. na verdade, se eu pudesse, eu pararia de falar com as pessoas que vejo todos os dias. eu sinto falta de conversar com as pessoas que realmente importam sobre coisas que realmente me interessam. e eu também me perco um pouco, pois já nem sei tão bem o que realmente me interessa. tá tudo muito turvo, confuso, feio. eu passo a semana querendo o fim-de-semana, e quando ele chega, passa tão rápido que não faço nada do que queria.
acho que falar sobre felicidade, afasta a felicidade, se é que ela existe, mas eu já fui feliz e sabia muito bem disso, só que não consigo mais trazê-la pra perto. não consigo mais trazer meus amigos pra perto, todo mundo mora longe, estuda longe, tem horários diferentes, nem sempre tem grana pra sair, às vezes fica muito tarde, às vezes é muito cedo e assim o tempo passa. passam dias, semanas, meses e passou o ano passado inteiro assim. sem que eu mesmo soubesse, eu me prometi que em 2010 seria diferente. e está sendo, só que não necessariamente melhor.
ah, eu nem tenho o que dizer, minha mente tá cansada e eu só penso em dormir.
se eu soubesse que a vida era assim, não tinha vindo.

3 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Vida é perseguir mulher bonita, o resto, pouco importa, fica à porta do cemitério, quando morremos.

Fábio Racoski disse...

Quando é difícil encontrar os amigos, assim, aí entendemos a grandeza dimensional que é o espaço-tempo.

Bárbara Reis disse...

"não consigo mais trazer meus amigos pra perto, todo mundo mora longe, estuda longe, tem horários diferentes, nem sempre tem grana pra sair, às vezes fica muito tarde, às vezes é muito cedo e assim o tempo passa."


Eu tenho tempo para fazer o que quiser,mas isso não quer dizer companhia.