quarta-feira, 25 de março de 2009

oi

A desconstrução.

A descon
a constru
a trução.
___________________________________________________________________
Se quanto mais me escravizo,mais me liberto,de acordo com esse modo capitalista de pensar,quero ser sempre escravo,mais escravo.Cada vez mais escravo.Imergir em um tanque de “ignorância” e atirar-me à mais pura aceitação das coisas.Que me são mastigadas e/ou jogadas na cara.Eu quero vocês,ser vocês.Ser escravo.Das manipulações alheias e dos sonhos que criaram para nós.Porque todos vamos ficar ricos através do nosso trabalho e competência.Viva a veracidade do Liberalismo.Viva a Burguesia Industrial.Viva a manutenção da ordem.Ordem e Progresso.Viva o Positivismo.Viva Augusto Comte.Viva o Brasil.Viva o Brasil,esse lamaçal de bela ignorância.De mentes putrefatas que se concedem o direito de estarem certas.De pessoas inválidas às quais todos ouvem e admiram.Viva o Big Brother.Viva o grande sucesso e a falta de talento.Porque a bunda vale mais.Porque vale mais ter dinheiro no bolso,que respeito e paz-de-espírito no coração.Viva ”1984”.Viva George Orwell.Viva!Estamos vivendo uma realidade da qual já nos avisarão anteriormente e ninguém percebe.Qual é o valor que temos dado à nossa privacidade?Mais importante do que isso,qual é o valor que nós damos a nós mesmos?Damos algum valor?Nos respeitamos?Até que ponto?O que é respeito,mesmo?

2 comentários:

Báah - Thoughtless disse...

A pergunta final do texto resume todas as outras.

Táxi Pluvioso disse...

Big Brother, o reality show, muito bom para ver corpos... e mentes.