sexta-feira, 29 de maio de 2009

O que resta de tanta coisa que já foi dita?O que sobrou de tanta expressividade que foi jorrada?Só o vento,talvez nada.Canso-me de repetir que todo mundo sempre tem algo pra dizer e eu mesmo já não as possuo.Faltam ideias,falta capacidade de expressão,falta vivacidade nesse sangue e alegria nesses olhos.Talvez por não ver o pôr-do-sol,por não apreciar o vento,por não rir com coisas das quais eu realmente ache graça.Falta tudo isso em mim.Eu sou menos para ser mais.Sacrifico cada prazer que poderia ter em prol de algo "maior".Quão maior é isso?Quão válidas são minhas tentativas?E o pior disso tudo é que mesmo com tanto sacrifício,o final da jornada pode não ser satisfatório.A dor e os espinhos são garantidas mas o sucesso não.E aí?E agora?Tem volta?Não.

Um comentário:

Báah - Thoughtless disse...

Eu me identifiquei com isso. Mais do que gostaria,inclusive.