sábado, 27 de junho de 2009

"A Outra"

E se eu não quiser a intensidade dos dias?E se eu não aceitar o vento?Mas eu não tenho escolha.O vento me sopra,a corrente me leva e o rebanho eu sigo.Tentei nadar contra,ser a ovelha negra,mas você é sempre uma ovelha nesse imenso rebanho.Se faz tudo como todo mundo,rebanho.Se faz diferente de todo mundo,serve como exceção que o sistema usa como exemplo para dizer que existem exceções.Sobre a intensidade dos dias é aquela estória de paz,de novo."Paz,eu quero paz".Não um mundo sem guerras,mas uma ideia mais egoísta(bem mais egoísta):eu quero o MEU MUNDO sem guerras,mais do que qualquer outra coisa.Basta de conflitos,dúvidas,dores,adolescência,amores,falta de amores,intensidade.Eu não quero intensidade.Quero que a vida seja pacífica e leve.Não quero grandes anseios,não desejo palpitações.Não quero tempestades de vento,nem muito menos,tornados e furacões.Quero a brisa do mar,com João Gilberto de fundo,acompanhado de Chico e Caetano(e Gil,talvez).

3 comentários:

Báah - Thoughtless disse...

Isso me lembra "Os sofrimentos do jovem Werther".

Táxi Pluvioso disse...

Já que gostas eis as covers.

Italo Lemos disse...

A melhor parte foi Gil e Caetano. Gostei do teu mundo!