domingo, 22 de fevereiro de 2009

Hoje(1)

Hoje(na verdade,ontem,considerando que já sã quase 2 da manhã) foi um dia legal.Eu fiz uma coisa que eu não imaginava que fosse fazer.Realmente não.Eu li Álvares de Azevedo.Há quanto tempo eu não lia tanta coisa dele?Desde a época em que eu me achava gótico?Eu não sei.Só sei que,ao ficar sozinho num shopping(no Plaza,pra ser exato),não há muito para se fazer.Então,o que eu fiz?Fui para a Siciliano,peguei o Noite na Taverna do meu querido parente Manuel Antônio(mais conhecido como Álvares de Azevedo e eu sou Felipe Azevedo) e comecei a ler.Eu tinha mais ou menos uma hora sem nada pra fazer e pensei:"Nem vou me empolgar com esse livro."Mas nem sei se é necessário ter empolgação para se ler um livro.Enfim,em uma hora(devagar como eu sou)acabei lendo as 56 páginas primeiras do livro,que contém 88 páginas.Faltava tão pouco que resolvi comprar o livro e devo terminar de ler pela manhã.Mas enfim,a experiência foi ótima.Eu descobi o quanto é bom ficar lendo por um longo espaço de tempo,o quanto isso exige concentração da minha parte(ainda mais em uma livraria na qual toda hora crianças apertam botões legais nos livrinhos,que fazem barulho e os funcionários vivem a deixar livros caírem,descobri isso hoje).E como é bom poder dar a continuidade devida a um livro e não lê-lo de maneira extremamente fragmentada e,logo,arrastada como eu tenho feito com o Siddharta.Outro problema é que eu tenho permitido uma certa dose de indisciplina voltar à minha vida,por mera fraqueza,o que é péssimo.Então,como leio livros antes de dormir,quando me sento na cama pra começar a ler,já bem tarde,estou cansadíssimo e consigo ler,no máximo 5 páginas,o que já é muito.Minha vida tem sido assim como os livros que eu leio:arrastada,aos poucos,fragmentada.Eu já não sei sentir as coisas direito.Certas músicas estão voltando a me tocar,certo tipo de literatura está voltando a me tocar,eu estou voltando aos poucos.Antes da viagem para a Bahia,minha mente estava no estágio perfeito pra fazer desse início de ano um maravilhoso recomeço.Mas a Bahia,e tudo que envolve estar lá,no meu caso,fez as coisas desandarem.Eu estou ainda fora de ordem.Preciso ser reprogramado porque tá realmente difícil.Os dias passam e eu não consigo entender nenhum deles.Tudo tem sido confuso e diferente.A questão de morar a,aproximadamente,uma hora da escola é estranha.Pois antes eu estudava a 15 minutos da minha escola e tudo parecia casa.Tive algum problema?É só pegar um ônibus e rapidinho estava em casa.O dia foi extremamente cansativo?Em pouco tempo eu estaria em casa dormindo,relaxando,descansando para poder estudar,logo em seguida.A minha vida e a minha personalidade estão um pouco acima da minha atual compreensão e isso é um problema.O que eu tenho que fazer agora é aproveitar bem esse feriado.Pra descansar,pra dormir,pra relaxar,pra me reacostumar com tudo isso aqui,pois parece que não tive tempo de voltar até mim ainda.

3 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

As Levi's para ir ou vir do Carnaval.

Táxi Pluvioso disse...

O Carnaval não me diz nada mas isto eu compro. Lava-lhe a perna esquerda, no entanto.

Se estiveres interessado em ouvir what's new. Ouve as Care Bears on Fire.

Báah - Thoughtless disse...

Reprogramado?

Não sabia que você era um robô.