segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Despretensão.

Calma!Eu não vou te escravizar,contar seus medos pros outros e rir da sua cara quando virares as costas.Eu não vou escrever histórias sobre vampiros do bem que lutam contra vampiros do mal ou sobre adolescentes com poderes mágicos pra que você se identifique com eles e me dê dinheiro.Eu não vou escrever sobre os temores de um adolescente drogado,não vou fazer romances sobre religiões pagãs e não farei tampouco confissões que uma puta faria.Eu queria escrever e ganhar dinheiro com isso.Acho que seria fácil,caso eu não fosse quem eu sou.Eu sou o que não querem ver e o que ninguém quer ser.Eu sou todas as coisas sobre as quais ninguém quer saber.Eu não sou o motivo nem o porquê.Ainda sim,não me venderia ainda.Talvez um dia eu me venda e tudo mais.Não agora.Agora é tempo de descobrir-me.De refletir.De ver o que passou e planejar o que virá,sem me vender.A excessiva pretensão dá muito dinheiro.A excessiva ingenuidade também dá dinheiro,mas eu sou o meio.Nem um,nem outro,logo fico por aqui.Talvez um dia eu seja grandioso,mas não é o que faz sentido.

As referências literárias do que escrevi aí em cima são bem óbvias.E isso é proposital.Hoje vi o Altas Horas com a Mayra Dias Gomes,filha do dramaturgo Dias Gomes.Vi que ela lançou um romance e fui ver melhor quem era a menina na internet.Com isso,acabei achando trechos do livro dela.Ela teve depressão,usou drogas pesadas e tudo mais e só tem 19 anos.Agora recuperou-se(eu acho)e escreveu um romance que já tem boa divulgação só pelo sobrenome dela.Pelos trechos que li,o livro é péssimo mas é bem adolescente.Tem típicos conflitos,que eu mesmo tive(em escala muito menor,obviamente)e eu até me identifiquei com um dos trechos que li.Não vejo problema em um dos filhos de uma pessoa pública querer seguir o mesmo caminho do pai ou da mãe.Mas a menina nem construiu uma carreira e já tem uma puta divulgação.Tem o caso da Fal Azevedo,escritora de blog.Primeiramente,lançou um livro que ela mesma teve de bancar,que teve uma vendagem mínima.Depois disso,continuou escrevendo despretensiosamente no seu blog e depois de uns 7 ou 8 anos de blog,a editora Rocco chegou até ela e ela conseguiu lançar um romance recentemente.Não vendeu muito mas foi um grande passo.Lembrei também de uma famosa escritora de blog,a Clarah Averbuck,que tem uma certa fama e conseguiu lançar seus livros por uma editora também.Tem até um filme baseado num livro dela.Mas ambas conseguiram isso depois de bastante tempo escrevendo em seus respectivos blogs.Isso sem contar com vários outros escritores,que não são do mundo dos blogs.Aí veio aquela pergunta ingênua:
_Mas cadê a meritocracia?
A resposta claro que foi:
_Utopia,amiguinho,utopia.
De vez em quando,eu me esqueço dessas coisas.Esqueço que se você tem contatos,você tem tudo.Esqueço dos vários ex-BBB,que recebem o título de artistas,sem ter feito porra nenhuma.A indignação é inválida,fútil e infantil.Mas senti vontade de escrever.Acho que esse é o meu problema:escrevo para me agradar.Eu deveria ser mais pretensioso.Eu deveria começar a me vender e a escrever coisas de fácil assimilação,ou fazer músicas pseudo-intelectuais,e começar a ganhar dinheiro em cima dessa gente jovem,bonita e burra,pelo menos seria bem mais rápido e fácil.Eu acho a juventude feia.E todo mundo quer ser jovem hoje.Quer dizer,só os adolescentes querem parecer mais maduros para impressionar uns e outros.Os mais velhos enchem-se de produtos de beleza,não para ter saúde de fato,mas para mascarar sua idade aos olhos alheios.Os mais novos,usam roupas adultas e falam só coisas convenientes pra que pareçam mais maduros.Não funciona pros jovens,eu acho,mas pros mais velhos tem funcionado.Novamente eu desviei meu texto de onde ele começou.Mas é isso,venda-se e ganhe mais.

6 comentários:

Amity disse...

que bofetada na cara ow!

eu A-do-rei!

:D

incrivel né, essa nossa bela humanidade, quandos jovens querem parecer maduros,(mas sem mecher na aparencia claro, 'eu lá quero ficar cheia de rugas!') e quando velhos lutam irracionalmente pra serem jovens.

Dá uma puta revolta oh, vou nem mentir desse povo que chega no topo sem realmente ter chegado nem no 1º patamar de qualidade.

ò.ó

Amity disse...

mexer*

Davi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Davi disse...

Gostei.Tirando o citado programa que diz 'vida inteligente na madrugada', pois a Globo não é inteligente em hora nenhuma(só quando tem que fazer ajustes tecnicos no domingo e deixa aquelas famosas faixas verticais coloridas, aquilo sim é arte!), muito menos racional em colocar uma chamada dessa.
Continue com o Blog, you can do it!
Abraço.

Táxi Pluvioso disse...

Tango! Surrealizar um quarto.

Rádio por encomenda.

Báah - Thoughtless disse...

Quando você escreve para se contentar, a qualidade tende a ser maior, afinal, você SE cobra mais.