quinta-feira, 8 de outubro de 2009

This Mess We're In

Acho que tenho algumas coisas a dizer,só me faltam as palavras,o jeito,a ordem e o porquê.Acho que principalmente o porquê.Não há motivo para eu escrever as coisas que venho escrevendo.É tudo tão repetitivo e íntimo,acho chato.Minha criatividade parece ter ficado num passado bem recente.Apesar de ser recente,não consigo sequer tangenciar a criatividade de outros dias.Eu acho que tenho a opção de ignorar essa história toda de criatividade e postar qualquer coisa que eu escrever aqui.Afinal,o blog é meu!Ele pode ser chato,enjoado,repetitivo mas é meu,então não deixa de ser pertinente só ficar falando de mim.Eu poderia falar que tenho escutado Faith No More e o Stories From The City,Stories From The Sea,da P.J. Harvey .Poderia falar do tamanho do meu desamparo,que é absurdo(constatei isso um dia desses,de madrugada,indo dormir),enorme mesmo.Eu poderia falar também que Dress Rehearsal Rag do Leonard Cohen é foda e que o clipe do desenhinho do Black Drawing Chalks é beeem legal e lembra bastante o clipe de Go With The Flow do meu querido,adorado,e sumido também,Queens Of The Stone Age.Cabe falar que ingerir baratas pode mudar sua personalidade,cabe falar da ignorância e alienação(pelo menos,cultural) dos meus colegas de escola.Cabe falar que não tenho comprado a Piauí,que estou com medo de ler a Veja(porque esqueci como se ignora o fato de que nem tudo que há lá é muito confiável,inclusive falam que é o oposto),que não comprei a Vida Simples e que minha vida não é nada simples.Descobri que já foi,mas isso faz tempo.Eu poderia falar que o meu MP3 fajuto tá quase indo embora,porque entrou água no coitado.Poderia dizer também que ouvir música no ônibus com fone-de-ouvido que não é Fonete(ou In-ear,como se chama,de fato)é bem desconfortável.Eu poderia falar que tenho escutado além de Portishead,Faith No More,P.J. Harvey,Leonard Cohen e Blur,estou escutando(pelo som baixinho,baixinho do celular) os singles novos do Black Eyed Peas,tenho escutado Britney Spears e Mariah Carey e Lady Gaga e essas coisas aí que o público ama e a crítica deve ter nojo.Mas eu gosto de Pop.Gosto sim.Não de ouvir no meu quarto,na minha aparelhagenzinha de som da Creative mas de ver clipes,ouvir na escola,enfim.Eu poderia estar ouvindo Novos Baianos,Chico Buarque,Caetano Veloso e outros mas não tenho tido coragem nem vontade.Quero ouvir Sigur Rós também mas me falta coragem,porque Sigur Rós é lindo e me leva pra uma esfera bela,calma e tudo passa a me dar sono.Termino este post bobo ouvindo This Mess We're In,participação do Radiohead(ou talvez só do Thom Yorke,não sei ao certo) no cd mais cultuado,bonitinho e tudo mais da maravilhosa,britânica,bocuda e magra P.J. Harvey (que apareceu umas três vezes neste post,contem caso haja paciência).

Um comentário:

Bárbara Reis disse...

Eu gosto da maneira transparente,viva com que eu vejo seus posts. É algo pulsante e eu gosto disso.Gosto da maneira ampla como você refere-se ao mundo e do modo claro com que você se enxerga,por mais que às vezes se engane.

Ler os seus posts é um refresco para a minha mente e alimento para a minha filosofia.