sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Ego(mentiras)

Brincar de se conectar com o mundo em sintonias diferentes das já testadas por você nas diversas fases da sua vida sem questionar qualquer tipo de imprevisto que possa decorrer disto.E almejar sonhos nunca dantes sonhados com pessoas diferentes das já imaginadas em outros momentos de sua existência.E cantar canções dos canários,pintaroxos,melros,sanhaços,rolinhas,uirapurus e bem-te-vis.Saber distinguir as cores com as quais se deve colorir sua vida,quero dizer,lembrar que a vida pode ser pintada com cores que não cinza,preto,azul-marinho,verde-oliva e branco.Há de haver amarelo,vermelho,verde-limão,abraços,sorrisos e carinhos.Há de se ter paciência consigo mesmo porque para com os outros é fácil.É hora de aprender que você não é menor que ninguém e tem muito de bom a apresentar pro mundo.Lembrar que você não vai perder tudo que você conquistou até agora de uma hora para outra então,deve-se conceder mais liberdade a si mesmo.Abusar das pessoas que eu amo e que me amam,sem vergonha alguma,ou com algum tipo de medo de super-exposição(afinal vou contar segredos pra quem?).Lembrar que você não é igual aos outros e que ninguém nunca vai entender quão verdadeira pode ser essa frase.Manter em mente que nem sempre o que é estranho é ruim.Logo,eu sou estranho mas não sou ruim.Eu sou uma pessoa muito boa,não causo problemas a ninguém(só a mim mesmo,óbvio) e posso ser carinhoso.

2 comentários:

O Questionador disse...

Adorei a postagem, porque mostra realmente a tentativa dos livros de 'auto-ajuda', que na verdade não ajudam em nada. Com certeza, seria muito ruim se tudo fosse perfeito em nossas vidas. Como diz o filósofo, é dos venenos que se tiram as melhores lições.

Vlw aeh!!!

Bárbara Reis disse...

Adorei.

Lembre-se disso.