domingo, 5 de julho de 2009

O que vou deixar de herança?Talvez nem bens materiais,mas o que interessa aqui é o impalpável,o imaterial,o inteligível.O que vou deixar de bom pra humanidade?O que vou deixar na lembrança das pessoas que me conheceram?Acho que não vou deixar nada,sinceramente.Vejo-me como alguém fácil de se esquecer,de personalidade inconstante,auto-estima frágil,não sou atraente ou legal.Às vezes,fico muito surpreso quando alguém lembra de mim ou de algo que disse porque é das coisas que menos espero.Eu não faço caridade,não tenho vontade de fazer(em termos,em termos),não sou cristão,nem pagão,nem satânico ou sei lá o quê.Sou diferente dos outros mas não produzo nada de interessante,relevante.Quando penso em pessoas como eu,penso em pesosas ligadas à arte,de alguma forma.Pessoas estranhas,que souberam o que fazer com suas respectivas distinções.Mas eu não sei tocar nenhum instrumento,não leio muito,não tenho segurança em nada do que faço(nem escrever) e sou muito mais vazio do que pareço.Eu queria poder parecer sempre o que sou mas não dá certo,eu fico mal e acabo não mostrando realmente o que sou para os outros.Mas o que sou?Quando tento ser tão sincero com os outros quanto sou comigo mesmo,sou grosso.Quando não o faço,pareço um babaca.Eu pareço uma pessoa vazia,idiota,babacona mesmo,essa seria a impressão que eu faria de mim se estivesse do lado de fora.É por que eu sou preto?É por que eu nasci onde nasci?É a falta de segurança gerada pelos dois fatos anteriores?Não é legal falar sobre isso,alguns acham que é racismo ou sei lá o quê.Concordo com as cotas e acho que os negros são inferiores,sim.Mas não por uma questão de raça,e sim pelo fato de terem sido jogados a essa condição durante a história.Um grupo que foi extremamente oprimido.Forçaram tanto a barra com essa estória de inferioridade,que virou verdade.

OBS.:Eu não sei o motivo pelo qual escrevi isso.Desconsiderem qualquer falta de nexo,coesão ou qualidade.Eu só queria escrever.

3 comentários:

Italo Lemos disse...

Os melhores posts não têm coesão e nem nexo...e isso dá da qualidade a eles!

Báah - Thoughtless disse...

Eu te vejo de uma maneira completamente diferente, hoje mesmo eu lembrei de você... Aquela "galera culta" fazendo piadinhas e eu pensei "o Black ia morrer de rir se ouvisse Bolinha falando isso".
As cotas meio que me desagradam. Engraçado é ouvir minha avó,neta de escravos,discutindo sobre elas.

heart-of-glass disse...

Esse texto é uma prova de que você não é uma pessoa vazia. Não só esse, como todos que já li aqui. Ainda há muito tempo pela frente para se descobrir talentos, para ganhar segurança, para deixar marcas nas vidas das pessoas. Acho que são tempos dificeis pra muita gente (inclusive pra mim), é isso que eu venho percebendo, mas isso vai melhorar ^^.