quarta-feira, 22 de julho de 2009

Tom pastel/Across The Universe

Tá tudo meio "pastel".Eu não gosto muito de pastel,eu acho.Mas não me refiro à comida,que,por vezes,até me é agradável.Refiro-me à cor.Quando penso em tom pastel penso em uma cor como "bege".Algo pálido e sem graça.Então,minha vida tá assim mesmo:pálida e sem sal.Mas tudo vai passar,eu sei que vai.Geralmente,as coisas na minha cabeça estão em constante mudança,então "as coisas passam".Isso não significa pra melhor,inclusive,geralmente é o contrário,eu acho.
Hoje eu vi o Across The Universe(tava na hora,né?)e achei tão legal!Eu não gosto de covers de Beatles,de musicais,nem historinhas bobas de amor,aí pensei:"pra que eu vou assistir esse filme?".Hoje,assistindo,eu descobri que meu amor por cada uma daquelas músicas é forte demais pra não gostar e me emocionar com o filme.É demais ver a quantidade absurda de referências que eles fazem a músicas dos Beatles,principalmente nos nomes dos personagens:Jude(Hey,Jude),Lucy(LSD),Max(Maxwell's Silver Hammer),Prudence(Dear Prudence),Sadie(Sexy Sadie) e Dr. Robert.Além disso algumas frases como:"When I'm 64" e "She Came In Through The Bathroom Window" fazendo menções bem óbvias a certas músicas.E além disso,o filme termina com uma música que me emociona de maneira bem particular:All You Need is Love.Eu não sei por que mas quando o Paul grita no finalzinho da música naquela confusão de instrumentos de sopro:"She Loves You yeah yeah yeah",eu fico arrepiado,com água nos olhos e essas coisas.Parabéns pro primeiro musical que prendeu minha atenção!

Um comentário:

Báah - Thoughtless disse...

Eu gosto de musicais (ainda que bobos) e gosto muito de Beatles e tons pastéis. Engraçado, tons pastéis me lembram tranquilidade,sossego. Quando eu li pastel achei que fossem as cores e não a comida, que apesar de boa me dá azia.