domingo, 16 de agosto de 2009

Um pio.

A falta de palavras me tem ocorrido por motivos que sei com exatidão quais são.Eu não esperava que isso fosse acontecer,não mesmo,mas,como já tinha dito anteriormente aqui no blog,pra todo bom momento meu em algum aspecto,há uma queda em algum outro.Então,apesar de me ser extremamente dolorida a falta da capacidade de expressão,algumas outras coisas estão melhores.É estranho,eu já guardo tanta mágoa,tanta dor,decepção,tristeza e sem escrever a bola-de-neve negra de meus sentimentos só aumenta.Não escrever é garganta entalada,é choro preso,é dor interna excessiva.

6 comentários:

Bárbara Reis disse...

Pelo menos existe algum aspecto positivo.
Talvez seja apenas uma fase,uma curta fase.

Isa disse...

É uma fase ;), nada impede de haver felicidade em todos os aspectos.

Nádia C. disse...

eu estou passando pelo mesmo, black

saudades de você.
;*

Táxi Pluvioso disse...

Ó palavras! servem apenas pra escrever poemas dadaístas. bfds

Mel. disse...

"Não escrever é garganta entalada,é choro preso,é dor interna excessiva."

Não tenho escrito ultimamente. Creio que esteja me sentindo um pouco assim...

EU vs EU MESMO disse...

Arte não é opção,..
Afogar a ânsia é cumprir a sentença de crise de abstinência.
Que bom que que teu insucesso se transveste de talento e vice versa, a maioria das pessoas só tem uma roupa.